« Mediação pela Paz e Justiça Social »
+351 211994499 [email protected]

Quem Somos

O ILMAI – Instituto de Mediação e Arbitragem Internacional, é uma entidade sem fins lucrativos, preocupada em promover uma justiça de proximidade junto às camadas mais carenciadas da sociedade civil, no que toca a prevenção e gestão de conflitos mediante ao recurso aos meios extrajudiciais de resolução de conflitos (Mediação, Arbitragem e Conciliação).

A nossa atividade tem vindo a focar-se nos países de língua portuguesa onde apostamos na formação.

O ILMAI tem por objeto desenvolver e promover actividades no âmbito da educação e formação técnico-profissional.

Objeto social:

  • Promover cursos de formação e capacitação presenciais e à distância;
  • Manter uma base de dados de formadores em mediação e de meios alternativos de resolução de conflitos, mediadores e árbitros das mais diversas especialidades, comprometidos com os valores morais e éticos exigidos pelos códigos de ética internacionais, dando-lhes permanente formação;
  • Firmar convénios nacionais e internacionais;
  • Representar e regular a actividade dos seus membros de acordo com os códigos de deontologia e ética que regulem a actividade;
  • Promover ao nível dos recursos humanos, a moderna cultura de mediação, facilitação, negociação, conciliação e arbitragem;
  • Oferecer consultoria e assessoria especializada aos órgão públicos e privados, ONG’s e às organizações em geral;
  • Proporcionar às organizações e público em geral os seus serviços com o objectivo de solucionar conflitos nas matérias que versarem sobre direitos patrimoniais disponíveis, em âmbito nacional e internacional;
  • Promover a criação de uma rede multi-cultural de centros de formação nos países de língua portuguesa;
  • Organização de eventos nomeadamente, seminários e conferências a nível nacional e internacional;
  • Estudar, aperfeiçoar e divulgar os princípios, métodos e técnicas de planeamento, formação e gestão dos recursos humanos, com vista à valorização dos seus sócios;
  • Promover, desenvolver e aperfeiçoar a importância da FUNÇÃO PESSOAL nas organizações;
  • Estudar e analisar as políticas sociais, nomeadamente em matérias do Poder Local e Formação Profissional Sindical.